10 pontos para descobrir se a sua marca é humana primeiro.

Num mundo em que a transformação é uma constante, uma das tendências mais importantes é colocar a ligação humana no centro de qualquer estratégia.

Desde os tempos antigos, da revolução industrial aos nossos dias de tecnologias metaversas e imersivas, muitos CEOs temem dar um passo em falso e cair na presa do asmereirador de memes. A pior coisa que poderia acontecer a uma empresa seria um cancelamento em massa gerado nas redes sociais e com impacto em Wall Street.

É por isso que hoje, é tão importante poder traçar um plano para humanizar a sua marca. Estou certo de que estás a pensar, em que consiste? Bem, a primeira coisa a saber é que qualquer que seja o negócio da sua empresa, seja B2C ou B2B, está sempre, mas sempre, a lidar com pessoas. Portanto, estamos na era Humana a Humana. Portanto, para lidar com negócios, nada melhor do que uma pessoa ser tratada por outra pessoa. Em tempos de robots, aprendizagem de máquinas e todas as ferramentas tecnológicas, nunca é melhor dizer, para uma pessoa não há nada melhor do que ser tratada por outra pessoa.

E como que por magia, começamos a delinear 10 preceitos que devem tornar-se o diário de bordo da sua marca ou organização quando se trata de recrutar empregados para a sua organização ou mesmo para ganhar clientes.

10 pontos para descobrir se a sua marca é humana primeiro. - MarcoMKT

Ponto número 1
Qual é o objectivo do seu negócio ou empresa.
O objectivo do seu negócio, claro, é a razão de ser do seu negócio, e vai muito além de um indicador de rentabilidade.

Ponto número 2
Num mundo onde a tecnologia tem cortado intermediários, a transparência tornou-se um bem valioso e constante, seja claro quanto aos seus interesses e alcançará os corações dos seus clientes.

Ponto número 3
A sua empresa deve ter uma personalidade definida, é a melhor forma de demonstrar humanidade. Ser ou não ser, essa é a questão.

Ponto número 4
Estamos todos cegos pelo aumento de grandes dados e como auditar as nossas audiências, no entanto estamos a perder aquele super poder que é OUVIR, colocarmo-nos em posição de ouvir os nossos clientes, os nossos empregados e a nossa equipa e activar de acordo com as suas necessidades, lembrar FACTOS NÃO PALAVRAS.

Ponto número 5
Se algo nos caracteriza como seres humanos, é a arte de transcender, de geração em geração, através de histórias, uma história bem contada apanhará até os corações mais frios e distantes, o poder das palavras e das boas anedotas.

Ponto número 6
Muitas das grandes histórias contadas pela Pixar e a grande fábrica dos sonhos da Disney mostram pessoas e equipas, desde os amados personagens de Toy Story até à mais nova geração com Encantamento, a equipa, por muito disfuncional que seja, é sempre melhor do que uma, nas organizações modernas e ágeis, o trabalho de equipa é tudo. Mostre-o e irá mover o mundo.

Ponto número 7
Diga-me como é tratado e eu digo-lhe onde trabalha. Evidentemente, o principal que um potencial empregado procura é um bom ambiente de trabalho, bons chefes, bons colegas e as melhores condições de contratação, o que nem sempre é uma boa remuneração. Faça com que a sua empresa tenha uma proposta de valor atraente, mostre os benefícios de trabalhar e de equilibrar a vida e a saúde física e mental. Uma empresa moderna é uma empresa moderna devido à forma como contém os seus empregados, não devido às suas realizações ou aos seus manifestos ágeis.

Ponto número 8
O mundo sempre esteve dividido em dois, Norte versus Sul, Leste versus Oeste, mas se todos tivéssemos uma aula magistral em colmatar fendas e abrir-se ao diálogo, as regras de coexistência seriam diferentes. Clientes, empregados, parceiros, cooperativas, a capacidade de diálogo e negociação permitir-nos-ão ir muito mais longe do que um foguete, já o experimentaram?

Ponto número 9
Os antigos vendedores de produtos de grande consumo viajavam longas distâncias para vender os seus produtos porta-a-porta, eles vendiam por recomendação. Hoje em dia, com o surgimento de plataformas tecnológicas e redes sociais, as recomendações são um factor importante na escolha de um produto ou de uma empresa para trabalhar. Pesquisar, ler e decidir, a versão moderna de “Penso, portanto, estou”.

Ponto número 10
Abraçar o inesperado e gerar perturbações, as pessoas adoram o elemento surpresa, os empregados adoram-no e os clientes adoram-no ainda mais. As histórias abundam de como os grandes desportistas chegam a casa dos seus fãs para entregar a camisa do seu clube favorito ou como um simples telefonema de Natal espalha um mundo de sorrisos.

Bem-vindo a um novo mundo, bem-vindo à perturbação da humanidade.

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.