Tendências do varejo

Qualquer pessoa poderia pensar, de forma tradicional que são as novas tecnologias que discutem com as opções de geração de emprego.Na MARCO Marketing desenvolvemos de forma proativa a necessidade de colocar em plataforma partes dos serviços de Field Marketing que nos permitam ganhar eficiência em processos de pouco valor na atividade produtiva de um colaborador, deixando o maior valor ao capital humano. É assim que começamos um projeto de plataforma do processo de seleção e conseguimos finalmente concretizar a primeira contratação de um funcionário da empresa, selecionado 100% por um bot.

O bot nos permite ganhar escala no processo de seleção e de assertividade. Tradicionalmente o processo de seleção se baseia em diferentes instâncias, partindo da definição da publicação, dependendo das funções, a posição requerida, a publicação da vaga, busca em bancos de dados de candidatos pré-filtrados, postulação de candidatos, leitura de CVs, agenda de entrevistas, entrevistas em primeira instância, categorização do candidato, atualização da informação do candidato no banco de dados, continuação do processo de seleção, etc.

Como é possível ver, o processo pode ser muito mais amplo do que qualquer pessoa poderia pensar. Agora, através da automatização de determinadas atividades é que conseguimos fazer com que um bot fique encarregado por aproximadamente 95% a 100% das atividades do processo. Mas, o que este bot faz?  Este Bot nos permite definir dentro da plataforma os parâmetros de busca de acordo com a posição, o ligar as ofertas à plataforma e a partir de então, ela entra em contato com os candidatos. Uma vez que um candidato se disponibiliza para a posição, o bot automaticamente inicia um diálogo através de um chat, no Facebook ou no WhatsApp, onde começa a entrevistar e triar o candidato de acordo com suas necessidades, desde o local onde vive, condições salariais, distância de sua casa no local de trabalho, atividades anteriores, experiências, marcas com as quais trabalhou, etc.

À medida que vai fazendo esta triagem, reconfigura determinadas questões para obter consistência na informação. Caso o candidato não cumpra com alguma das condições definidas, seus dados são armazenados para uma posterior possibilidade de integração dessa informação com uma nova busca. O que o bot faz nessa interação, é reconstruir o CV, mas de acordo com as necessidades da posição.

Uma vez que o candidato passa pelo processo de seleção, é determinada uma hora de entrevista com o recrutador que estiver definido para a atividade em um intervalo de tempo, que é configurado dependendo da disponibilidade do recrutador.

Com base no entendimento do feedback deste último é que o bot avisa o candidato sobre o processo de contratação ou não.

Agora vamos imaginar o processo descrito anteriormente, onde o recrutador tenha que ler milhares de CVs para selecionar os aptos. Com segurança o recrutador para quando consegue cobrir sua cota de pessoas a entrevistar, ou ainda ao encontrar o candidato idôneo. Agora, por meio deste bot não descartamos nenhum candidato, visto que todos os candidatos são entrevistados, diferente de um recrutador que poderia utilizar o slot em um horário determinado, o bot pode realizar as entrevistas no horário mais adequado para o candidato, ainda que seja à 1h da madrugada, caso seja esta a sua vontade, e por sua vez, poderia acontecer de todos os candidatos serem entrevistados pelo bot simultaneamente. Algo impensado considerando a capacidade linear humana, é uma coisa que potencializa e gera um comportamento exponencial de produtividade.

Hoje na MARCO conseguimos contratar o primeiro colaborador da empresa por meio de um Bot, e estamos convictos de que não será o último


Escrito por Lisandro Zapararte
CEO Marco Marketing
Me encontre: LinkedIn

ASSINE NOSSO BLOG

* *
*
*
*
*
Lead Source
*Campos Obrigatórios
Enter the Captcha
Reload
Ao enviar este formulário você concorda com a política de seguran