Tendências do varejo

Algo que definitivamente se destaca nos novos modelos de gestão, implementados por empresas que crescem vertiginosamente em contextos de rápida mudança, ExO (exponential organizations), é um novo olhar sobre a geração de valor.

Tradicionalmente, encontramos este conceito vinculado aos clássicos indicadores financeiros ou de gestão, receitas por vendas, EBITDA, valor das ações, rentabilidade, alavancagem financeira, entre outros. Embora sejam indicadores chaves para a gestão de um negócio, não fornecem de maneira completa uma visão sobre as capacidades futuras da empresa para permanecer no tempo com um veloz ritmo de mudança e crescimento pronunciado.

Então, poderíamos falar de dois distintos “momentos de geração de valor” para uma organização, o primeiro, o valor atual, chamado “valor da execução”, o qual medimos com a tradicional caixa de ferramentas; e depois temos um segundo momento de geração de valor, que ocorre conforme as alternativas que tiver a empresa, ou seja, “o valor das opções”.

Agora, como criamos opções para a empresa e por que é tão importante?

As capacidades de uma empresa determinam o seu valor futuro, e o desenvolvimento dessas capacidades de maneira continua geram uma maior quantidade de opções, motivo pelo qual  oferece à empresa maiores probabilidades de sobrevivência e adaptação, mas é claro que isto não ocorre de maneira automática, por isso a importância de colocar a organização em forma. Para conseguir isto, temos que colocar a empresa para se movimentar, dar agilidade, força e velocidade.

Um fator chave de êxito deste modelo de gestão não é apenas permanecer com as opções geradas, mas sim selecioná-las, analisá-las, padronizá-las, conduzi-las e executá-las. O valor deste modelo não reside somente na geração de opções de melhorias do modelo atual e contribuição de novas ideias, mas sim na capacidade e velocidade que a empresa possui para realizá-las. A iteração e a comunicação são a chave das melhorias, quanto mais rápidos forem os ciclos do modelo (ver quadro abaixo), maior será a aprendizagem e mais rápido será o processo de melhoria.

O objetivo é conceber a geração de valor não somente a partir do ponto de vista da execução atual, mas sim do portfólio de opções que damos à organização para que mude, cresça e se transforme para se adaptar aos distintos cenários futuros, desta maneira criamos uma empresa com maiores capacidades em contextos de alta velocidade de mudança e de crescimento exponencial.

Como moldamos uma empresa que descubra, aprenda, execute as mudanças e volte a ser examinada?


Escrito por Leandro Ferreira
General Manager | México, CA & Caribbean at Marco Marketing Latam
Me encontre: LinkedIn

ASSINE NOSSO BLOG

* *
*
*
*
*
Lead Source
*Campos Obrigatórios
Enter the Captcha
Reload
Ao enviar este formulário você concorda com a política de seguran